quarta-feira, 18 de abril de 2012

Existir ja eh muita coisa

Desde que cheguei ao Arizona, o  que mais tenho exercitado aqui, alem das longuíssimas caminhadas com meu amigo Tom Zé, eh existir.
O que chamo de existir eh fazer as coisas simples da vida. Nesta categoria estão parar, sentar, contemplar as pessoas, brincar com o cachorro, atualizar o álbum do face e o blog.

Já estive com ele por duas vezes na Universidade do Arizona, que eh fantástica, enorme, e que já justificaria algumas visitas.

Só o Museu estadual, que fica ao lado da Faculdade de Antropologia merecera um turno inteiro, o que alias, sera hoje.

Conheci o Museu do Deserto, repleto de plantas e animais desta região. Participei de uma caminhada promovida pela prefeitura, que lhe fornece um mapa para que você conheça pontos turísticos da cidade. A região do Arizona e lindíssima e ainda iremos no final de semana conhecer seu ponto alto, o Grand Canyon.

Tanto Ed como Tom Zé, trabalham com Educacao.
 Ed  trabalha com cegos, ensinando-lhes a adquirir independência e autonomia. Tem alunos cujas idades variam entre oito a vinte e dois anos.

Tom esta concluindo o doutorado em Antropologia, finalizando sua tese que tem o racismo como tema. Alem disso, ele ainda da aulas de Português na Universidade. Todos os amigos e amigas deles que conheci são também pessoas ligadas a área de educacao. Pessoas legais, atenciosas e interessantes. Na quinta-feira, eles farão uma reuniaozinha aqui e convidaram as pessoas que estão estudando Português para conversarem comigo. 

São estes para mim os momentos mais significativos de uma viagem.

Pois eh, existir já eh muita coisa mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário