domingo, 6 de junho de 2010

A abobrinha e eu

Nunca gostei muito de abobrinha, achava que não acrescentava nada aos pratos,  era muita água e pouco gosto. Isso começou a mudar quando provei a deliciosa lasanha de abobrinha do restaurante Govinda nos Barris, em Salvador. Não se trata de substituir a massa pela abobrinha, como se faz com a lasanha de beringela. A abobrinha entra em fatias como recheio junto com o queijo e o molho e não decepciona. No meu momento atual estou em fase de lua-de-mel com a cozinha, pois todos os dias preparo e levo meu almoço para o trabalho. Não sou vegetariana, mas a cada dia como menos carne,  o que me  tem levado a descobrir possibilidades inéditas nos legumes. Apesar de ter em casa um bom arsenal de receitas, o que eu gosto mesmo é de inventar. Hoje, domingo preguiçoso, a geladeira em baixa, pedindo compras, lá fui eu. Poucas opções: cebola, tomate, abobrinha. Ideia! Vou fazer um risoto. Então refoguei algumas fatias fininhas de cebola roxa, duas colheres de sopa do Pesto que veio da Itália, alho picadinho e ...uma abobrinha inteira ralada no ralo grosso. Refoguei, refoguei, quando estava douradinha coloquei o arroz e refoguei, refoguei de novo. Depois, água quente para cozinhar e meio tablete de caldo de legumes.Depois de pronto, uma colherinha de queijo ralado, tomates cereja com azeite de oliva, vinagre e sal....Delícia!
Outra forma de usar a abobrinha é crua. Sim, ralada no ralo grosso como se faz com a cenoura, a beterraba, a abóbora, a batata doce. Basta caprichar no  molho: eu misturo queijo cottage com uma colherinha de maionese light, salsinha e um pouco de casca de limão ralada. Se tiver carambolas em casa corte em fatias e enfeite a salada, fica lindo,delicioso e absolutamente original.

5 comentários:

  1. Oi, Vânia! Vim te visitar, muito legal seus textos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Além de viajante contumaz e blogueira, também é culinarista... isso é que é mil e uma utilidades!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Vânia, sou a Laura da Itália, do casal Laura e Gianni...se lembra?
    Tudo bem?
    Tem outra maneira de fazer abobrinha aqui na Itália:"frita"!
    Você corta em puzinhos, como pra fazer batatas fritas, coloca sal em cima e deixa uma hora para que abobrinha derrame sua águinha. Depois, passa na farinha de trigo, sacode bem para não ficar muito cheia de farinha e ... frita em azeite ou óleo quente. No final, depois de fritas, você acrescenta mais um pouquinho de sal, à gosto!
    Mil beijos
    LAURA

    ResponderExcluir
  4. Laura querida,

    que bom ter notícias suas. Por favor, me mande seu email.
    Beijos para Gianni,

    ResponderExcluir
  5. Hummmmm!!!!!!!!!!!

    Fiquei com água na boca!!!

    Mas como diz nossa amiga Ana, não acredito nestas receitas assim... só quando saboeramos! E foi assim que aprendi a ser São Tomé com (e como ela) nos assuntos culinários! *rs


    Beijos!

    ResponderExcluir