quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Arrumando a casa para 2012




2011 vai se despedindo.
2012 me acena por trás de uma colina. Coloca a cabeça pra fora, mas logo se esconde. Ainda não chegou a hora dele, eu entendo.
O mês de dezembro mexe comigo. Sou destas pessoas que gostam muito do Natal e do Ano novo. Não ligo para presentes, meu presente é mais importante.
O que adoro é  a sensação de recomeço.
Acredito e faço promessas para o ano que se inicia. Juro que não mais farei muitas coisas e que começarei outras tantas. Se cumpro? Como diria Julio Iglesias, às vezes sim, às vezes não..."
Ouço um assovio. Viro a cabeça e vejo 2012 andando de um lado para outro, impaciente. Calma, calma, falta pouco.
É que ainda falta fazer o balanço, organizar as coisas, limpar os armários e gavetas da casa e da alma. Ano novo não combina com bagunça.
Começo a faxina. Varro as tristezas, passo um pano nas decepções e sacudo o pó das estradas que não mais trilharei. Afinal, novos caminhos se abrirão.  Abro a geladeira e jogo fora tudo que não cheira bem:  As inseguranças, as palavras inadequadas, a falta de paciência e amor com o outro, os medos. Na hora de descartá-los, percebo que todos eles estão na categoria dos reciclados. Vão, voltam, se transmutam, voltam de novo. É a vida.
Água e sabão para lavar a rigidez e o  apego ao que é  conhecido  e que impede os avanços necessários.
Dou uma última olhada. Agora sim, posso por a casa em ordem.
Nas prateleiras, coloco as vitórias, pois quero encontrá-las facilmente quando a confiança em mim balançar. As descobertas, coloco em saquinhos de tecido, para que eu precise fazer um pequeno esforço para chegar a elas. As alegrias ocupam um jarro bem no centro da minha mesa. Não posso esquecer de regá-las todos os dias.
Em pequenos potinhos coloco porções de amor por mim e pelos que me cercam. Assim eu os levo na bolsa, no bolso, deixo nas gavetas, para emergências.
 A solidariedade está num lindo vidro de perfume que ganhei de uma amiga. Dou uma borrifada em mim antes de sair de casa. O vermelho "paixão pela vida" é a cor do meu batom. Sobre meus lábios passo a língua para nunca, jamais esquecer este gosto.
Fiel a meus princípios, comprei mais uma mala, diferente de todas que já tive. Uma mala cheia de flores e folhas, bem colorida, como deve ser a vida. Para mim, a mala representa movimento, mesmo que não haja uma viagem envolvida.  Afinal, às vezes a viagem para dentro de nós é muito mais rica que qualquer roteiro turístico. 
Em 2012 quero me ver em constante movimento, quero ousar mais, quero explorar novos caminhos e possibilidades.
Mas acima de tudo, em 2012 quero ser ainda mais feliz.

13 comentários:

  1. Vânia querida,
    E eis que você já começou a dar os presentes! Foi esta a sensação que tive à medida que ia me encontrando com/em suas palavras. Quanta delicadeza e precisão. Só resta dizer: muito, muitíssimo agradecida!
    Beijo
    Lígia
    P.S. parabéns pelas novas "cara" e mala.

    ResponderExcluir
  2. Sensacional amiga!!! Já preparando minha arrumação..Bjs e muito sucesso tb em 2012.

    ResponderExcluir
  3. Com certeza estarei arrumando a mala rumo a 2012 e participando desta festa, bjos e obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  4. Eu ando arrumando minha mala faz tempo! :P Ainda bem que nunca termino, pois vivo trocando o conteúdo. O bom exatamente é a possibilidade permanente de mudança. Adorei teu blog. Dá uma passadinha no meu http://diariodeumamulherdespeitada.wordpress.com/2011/11/26/eu-sou-chata/ Beijinhos, Ida Lenir

    ResponderExcluir
  5. Vânia,
    O novo layout do blog e este texto são contagiantes.
    Dá realmente vontade de arrumar a casa, as malas e ir logo aportar em "2012"...
    E que venha o novo ano de fato!
    E que você seja muito mais feliz ainda, amiga!!
    bj
    Josie

    ResponderExcluir
  6. Cara, bacana seu texto, renova esperanças de "dias melhores", espero que você esteja bem, sempre, beijocas...

    ResponderExcluir
  7. A-D-O-R-E-I Vania!!!! Muito legal mesmo.
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. MUITO BOMMMMMMMM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. É isso, o processo já começou... arrumando gavetas, guarda-roupas, cd's e decidida a empreender muuuuuitas mudanças!
    Só não sei como você vai fazer para "ousar mais", rsrs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Vânia, adorei o texto... final de ano é a oportunidade de repensarmos... ainda bem que dividimos o tempo em etapas... assim podemos ter tempo nesta mundo louco de parar um pouquinho e fazer algumas reflexões importantes... bjo

    ResponderExcluir
  11. Oi Vania....
    Mais um lindo texto.....
    Espero que 2012 vc nos presentei com muiiitos textos lindos como esse.
    Feliz 2012 para vc e toda a sua familia
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. OI Vânia!! Tudo bem? Estou participando de uma blogagem coletiva #7 links e gostaria de te convidar para participar tb! Já que é final de ano, que tal fazer uma retrospectiva? Dá uma olhada lá o blog: www.puntoebastamontella.blogspot.com

    Bom divertimento!

    bjs

    ResponderExcluir